Espertar é melhor que esperar

Por norma o tempo nunca passa no tempo certo. Para nós, que levamos a vida sempre a pensar no “a seguir”, ou tudo acontece sempre rápido demais ou o contrário, e o tempo nunca mais passa. Hoje na #spreadtheword – área do blog onde escrevo sobre tudo e sobre nada, falo-vos da importância das detestadas esperas.

Em primeiro é importante que nos foquemos neste principio: Há algo que ninguém nos pode tirar: que é a forma como ocupamos o nosso tempo estejamos ou não à espera que algo aconteça.

Podemos estar dependentes de algo, ou de alguém, podemos estar numa fila de espera imensa e bufar por todos os lados, podemos estar a imaginar na nossa cabeça mil asneiras que vamos chamar ao fulano que nunca mais chega, podemos desistir e simplesmente sair porta fora, ou podemos ocupar o tempo de espera – que é necessário para atingir determinado fim, para “espertar”.

E isso é? Espertar é aguentar a espera e torná-la leve, torná-la útil, torná-la importante. Dar-lhe valor. É acrescentar a palavra despertar à palavra espera. É mais uma palavra nova – palavra conceito. E como fazê-lo? Valorizando o momento. A vida não tem de ser só “depois” ou “a seguir”.

Por norma eu pratico o espertar a fazer people watching – muito importante para nos descentrarmos de nós #não_imaginam_o_que_se_aprende_com_esta_técnica_de_observaçao – ou o contrário – e acordo pensamentos que deixei em stand by por não ter tido ainda tempo para eles. Muitas vezes também aproveito para meter as leituras em dia e atualizar-me. Outras vezes também resolvo o tempo com um jogo de poker ou similar. Enfim, o que quero dizer é que esperar às vezes pode ser o tempo que precisamos para meter o nosso eu em dia.

Esperar não tem de ter aquela conotação negativa e pesada. Se soubermos espertar em vez de esperar, não estamos a perder tempo, estamos a usá-lo. E fazer isto é ficar um pouco mais satisfeitos com a vida, com os outros, e connosco.

Por fim fica o sugestão de ocuparem as vossas esperas a espertar com o avalueble.pt. Prometo que deste lado, tudo farei para que ninguém esteja aqui a perder tempo – nem eu a escrever e nem vocês a lerem.

Your Website Title

Deixar uma resposta