em busca de um futuro melhor

Que nos reserva o futuro? A última edição (setembro/16) da Courier International foi dedicada ao futuro. Possíveis notícias que podem acontecer no futuro e depois de ler uns quantos artigos, percebi que os temas principais eram tecnologia e robótica.

Percebi pois que a tendência e aquilo que as “mentes brilhantes” estão a tentar resolver são questões como o conforto, o mínimo esforço, a rapidez e a eficiência e que a tecnologia vão ser a resposta para praticamente tudo. Por exemplo, num artigo falava-se que num futuro próximo será possível ir a um restaurante onde o nosso telemóvel passa a ser o nosso empregado de mesa, e que tudo poderá ser pedido através de uma mesa digital.

Pareceu-me pois que os grandes problemas da humanidade parece que vão continuar por resolver. A fome, a pobreza, o desemprego, a guerra e o medo não são problemas que os empresários aparentam querer resolver. O que importa é solucionar as chatices entre casais e parar as brigas por causa das limpezas domésticas, pois o robô que limpa casas está aí a chegar. E o mercado desespera pela sua vinda.

Mas depois temos o Fernando (20 anos) com o seu projeto PATOS e muitos outros jovens que estão mais despertos para as necessidades globais e menos umbiguistas e o futuro agrada-me mais. E fico com a certeza de que as gerações que estão agora a aparecer, têm uma consciência social tremenda onde as causas e as ajudas humanitárias são a base para as ideias. E percebo, e percebe-se, que na verdade… se realmente quisermos… é mais simples resolver alguns destes problemas do que o que à partida pensamos.

E o Fernando é um dos que simplificam.
A história completa de Patos aqui.

Your Website Title

Deixar uma resposta